Ah se o samba voltasse para a favela…

No domingo, dia 02 de dezembro foi o Dia Nacional do Samba. Lembrei de parte da minha infância na favela da Vila Vintém, em Padre Miguel. Nessa época quem mandava era o samba!

A galera tinha aquele fanatismo pela sua escola! O samba-enredo tinha que está na ponta da língua de todos! Nós bares, ao invés de encontrarmos um babaca com um carro com a mala aberta tocando um proibidão, encontrávamos a galera com o seu pandeiro, um cavaquinho e um tan- tan fazendo a festa numa roda de samba!

Quando não encontrávamos essa galera , tinha pelo menos um coroa de dedo nervoso esculachando no violão com um chorinho. Ou então tinha os cachaceiros mesmo cantando no gogo os sambas antigos da Mocidade!

Infelizmente a música da favela mudou. Ficamos um pouco mais distantes do samba…

Feliz dia do samba galera!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *